Soft skills: por que é importante desenvolver durante a faculdade

As soft skills são as habilidades mais desejadas do mercado moderno, mas pouco se fala delas durante os cursos de graduação. Você sabe o que significa este termo? Já te adiantamos que no início da sua carreira, já que você não tem experiências, elas contam muito no seu currículo. Neste post vamos te explicar como desenvolvê-las e como destacá-las no seu currículo profissional, confira. 

Soft skills

As soft skills nada mais são do que as suas competências emocionais e mentais. Em outras palavras, elas são os seus atributos pessoais, tais como a sua criatividade, o seu senso de trabalhar em equipe, a sua empatia, o seu pensamento crítico, entre tantas outras características que são fundamentais para o bom andamento na sua vida acadêmica e profissional.

Elas se tornaram importantes no mercado de trabalho justamente porque indicam características de personalidade, que interferem diretamente nos relacionamentos no ambiente corporativo, bem como na produtividade. 

Dessa forma, nos processos seletivos, o modo como determinada pessoa lida com as diversas situações do dia a dia da profissão, bem como com os problemas diários, como se relaciona e interage com as demais pessoas, podem garantir ou não aquela tão desejada vaga. Logo, por mais que as suas soft skills estão ligadas à sua personalidade, elas devem ser desenvolvidas para serem suas aliadas.

Desenvolva as suas soft skills

A primeira etapa para desenvolver as suas soft skills é justamente o autoconhecimento. Você precisa se conhecer e saber identificar quais são as suas características positivas, os seus defeitos, o que te deixa ou não satisfeito. Conhecendo os seus pontos fortes e fracos, você conseguirá identificar quais pontos precisa trabalhar para desenvolver mais.

Além disso, a auto reflexão, proporciona que você perceba quais são as suas motivações,  pois são elas que irão te dar suporte para definir os seus objetivos a serem alcançados e estabelecer as devidas metas para conquistar isso.

Para te ajudar nessa missão de se autoconhecer, há diversos livros que tratam desses temas, assim como há no mercado profissionais especializados para te orientar.

As 5 principais soft skills

Em artigo publicado no Linkedin Learning, compartilhado em janeiro de 2019, que apontou o resultado da pesquisa realizada pelo Linkedin e pela WGSN, há cinco habilidades interpessoais que chamam a atenção dos recrutadores, confira o ranking a seguir.

1º lugar: Criatividade 

A criatividade aparece em primeiro lugar no ranking das soft skills mais procuradas pelos recrutadores. Ser criativo significa ser inovador, ser diferente, ser proprietário de ideias revolucionárias capazes de mudar o mundo. Características estas que os recrutadores querem identificar na hora da entrevista presencial com os seus candidatos, afinal todas as empresas buscam colaboradores criativos que possam conceber novas soluções para impulsionar os negócios.

2º lugar: Persuasão 

A persuasão nada mais é do que a capacidade de convencer qualquer pessoa de qualquer coisa. Na prática, no mundo corporativo, de nada adianta uma empresa oferecer os melhores produtos e/ou os melhores serviços se não tiver colaboradores capazes de convencer as pessoas a comprá-los. Não é à toa que a persuasão é a segunda soft skill mais desejada pelos recrutadores.

3º lugar: Colaboração

O trabalho em equipe e o senso de colaboração são características requisitadas pelos recrutadores, pois é um fator determinante que compromete todo o processo produtivo de uma equipe de trabalho. Uma pessoa ser reconhecida por ser colaborativa significa que ela faz muito mais do que ajudar outra pessoa, é uma característica que engloba a capacidade de co-criação e a participação de trabalho em grupo.

4º lugar: Adaptabilidade

O mundo está em constante evolução, onde tudo muda o tempo todo. No mundo corporativo não é diferente, o que se faz necessário ter colaboradores capazes de se reinventarem e se adaptarem às mais diversas situações inusitadas do dia a dia. 

Dessa forma, a adaptabilidade – que nada mais é do que a capacidade que uma pessoa tem de se adaptar, de acordo com as necessidades, as mais diversas situações e circunstâncias – se tornou uma soft skill importante para quem quer se destacar no mercado.

5º lugar: Gestão do tempo

Em último lugar do ranking das soft skills mais desejadas, mas não menos importante, está a gestão do tempo. Em outras palavras, é a competência que remete à capacidade de alguém saber escolher qual é a melhor forma de organizar melhor o seu tempo, de acordo com as suas necessidades e conforme se sinta melhor em executar as suas respectivas tarefas.

Destaque para as suas soft skills

Na hora de se inscrever a um processo seletivo, para chamar a atenção dos recrutadores, é importante que você destaque todas as suas softs skills ao longo do seu currículo.  

Já na prática, ao participar de uma entrevista presencial, destaque essas competências para os recrutadores. Se você se considera uma pessoa com pensamento crítico, destaque essa sua capacidade de enxergar todos os pontos de vista e projetar soluções para as diversas situações enfrentadas no dia a dia da rotina de trabalho e use isso como um ponto a seu favor.

E aí, gostou das nossas dicas de hoje? Você já conhecia o termo soft skills? Conta pra gente como você faz para desenvolver as suas habilidades.

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *